USDA aposta em forte avanço das exportações brasileiras de carne

Fonte DATAGRO

 

 
O Brasil deverá exportar cerca de 2,64 milhões de toneladas de carcaça de carne bovina em 2026, avanço de 43% sobre o resultado do ano passado, apontam dados do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês), divulgados no Agricultural Outlook Forum e presentes no mais recente informe do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Caso a previsão se confirme, o Brasil recuperaria a liderança no ranking mundial de exportadores do produto. O Imea ressalta que a forte expansão do comércio internacional brasileiro de proteína bovina projetada pelo USDA é respaldada pelo aumento na demanda de países asiáticos e africanos.

Segundo o instituto, as expectativas são positivas para as exportações brasileiras de carne bovina, o que exigirá cada vez mais cuidados fitossanitários para manutenção da competitividade do produto no mercado internacional.

  • Compartilhe:

© Copyright - Todos os direitos reservados - Acrioeste 2020