Relação de troca entre boi gordo e milho está favorável ao pecuarista

Fonte Universo Agro

 

 
O milho é uma das principais fontes de suplementação bovina, premissa que faz com que a análise da relação de troca entre o boi gordo e o grão seja de grande importância.

Com expectativa de super safra, preços do milho em baixa favorecem pecuaristasCom expectativa de super safra, preços do milho em baixa favorecem pecuaristas

Neste sentido, relatório do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) destaca um cenário animador para quem precisa adquirir milho. Atualmente, com o preço do grão em desvalorização, a relação de troca atingiu o maior valor desde fevereiro/16, ficando em 5,36 sc/@.

Ainda assim, de acordo com o instituto, há indicativos de um futuro ainda menos oneroso para o pecuarista, visto que os produtores de milho já começaram a negociar a produção que será colhida somente em julho.

Com a expectativa de produção elevada, os valores dos contratos a termo firmados estão em torno de R$ 16,00/sc, e mesmo que o preço da arroba chegue a R$ 120 até julho/17, a relação de troca ficaria em 7,5 sc/@.

Segundo o Imea, o momento é oportuno para o pecuarista analisar a viabilidade da suplementação, prevenindo-se assim de possíveis riscos decorrentes de eventual quebra de safra.

  • Compartilhe:

© Copyright - Todos os direitos reservados - Acrioeste 2020