‘Projeto que libera venda de terras a empresas com capital estrangeiro será engavetado’

De acordo com comentarista Glauber Silveira, a medida aumentaria a competição por terras no Brasil e poderia prejudicar o produtor rural

Fonte Canal Rural

O comentarista Glauber Silveira afirma que estrangeiros vinham comprando bastante terras no Brasil até 2010. Inclusive, segundo ele, os maiores produtores daquele ano foram argentinos. Porém, com o parecer da Advocacia-Geral da União (AGU), foram estabelecidos limites para a aquisição por pessoas físicas e empresas de fora do país.

Em um primeiro momento, de acordo com o comentarista, isso causou um problema no financiamento do agro, já que muitos produtores ofereciam as propriedades como garantia nos empréstimos. Impedidas de requerer a fazenda, as tradings estrangeiras não tinham segurança para emprestar dinheiro. Mas isso foi resolvido com a Lei do Agro, no ano passado, diz Silveira.

Segundo o comentarista, o projeto de lei aprovado pelo Senado que seguiu para a Câmara pretende liberar a venda ilimitada de terras para empresas brasileiras com maioria de capital estrangeiro. “Elas podem comprar terra e aumentar a competição por terras com os brasileiros”, conta.

Porém, Silveira diz ter conversado com o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Sergio Sousa, que teria afirmado que o projeto de lei será engavetado temporariamente, porque recisa ser melhor discutido.

  • Compartilhe:

© Copyright - Todos os direitos reservados - Acrioeste 2021