Fazenda salta de 7 para 20 arrobas por hectare ao ano em apenas uma safra

Fazenda “Top Ouro” no programa Fazenda Nota 10, a São Camilo, apostou no planejamento nutricional para driblar a seca, com GMD no confinamento superior a 1,8 kg/dia, na safra 2020/21

Fonte Giro do Boi

No Giro do Boi desta segunda-feira, 13, foi exibido o segundo episódio da série especial “Repórter Nissan – Fazenda Nota 10”, que mostrou o trabalho realizado pelo casal Ana Paula Gouveia e Raul Nunes Santos, na evolução do resultado da Fazenda São Camilo, localizada em Aparecida do Taboado, MS, na última safra 20/21. Ele, à frente da parte executiva, e ela, da parte administrativa das atividades, levaram a propriedade ao topo de um ranking que envolveu mais de 130 fazendas brasileiras monitoradas pelo Instituto Inttegra, que há mais de 20 anos monitora o desempenho de centenas de propriedades dentro e fora do país.

Disciplinados no lançamento mensal dos dados do Programa Fazenda Nota 10, e na participação das reuniões online para alinhamentos, chamadas de Masterclass, a fazenda conseguiu um diagnóstico preciso dos principais gargalos a serem atendidos pela equipe.

Migrando de um modelo de pecuária extensiva, para um projeto intensivo de produção, foi através de um planejamento nutricional minucioso que a propriedade conseguiu minimizar os efeitos da seca, garantir um GMD na casa dos 2 kg/dia no confinamento, e reduzir a idade ao abate dos animais de quatro anos para 24 meses. “Sem um GMD bom, a gente não conseguia produzir esse tanto de arroba, com um custo para manter nossa margem”, comentou a Ana Paula Gouveia.

O ajuste diário dos ingredientes, de olho na oscilação dos preços dos insumos, foi o que ajudou a manter o custo da arroba produzida dentro do desejado pelos gestores. “Constante, em cima, medindo, fazendo conta, acerta isso, muda uma dieta, tira um porque ficou caro, esse ajuste não para, é frequente mesmo, não temos preguiça para isso e esse foi o ponto principal. Hoje a gente tem o dobro de gado que tinha, e pasto está sobrando”, reforça o pecuarista Raul Nunes Santos, mesmo apesar da reportagem mostrar que os pastos da propriedade estavam, no momento da visita, bastante castigados com a forte seca e dois dias de geadas.

  • Compartilhe:

© Copyright - Todos os direitos reservados - Acrioeste 2021