ACNB aperfeiçoa regulamento do Ranking Nelore e Nelore Mocho 2021/22

Fonte Texto Assessoria

Visando a valorização da raça e o incentivo à participação de novos produtores nas exposições oficiais, a Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) promove mudanças no regulamento do Ranking Nacional Nelore e Nelore Mocho 2021/22, que está se iniciando.

“A cada ano procuramos inovar, motivar e fomentar a raça Nelore. Todos os ajustes que realizamos são feitos com a intenção de dar melhor condição para participação dos criadores e expositores”, declara Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

Como oportunidade para o nelorista de pequeno porte divulgar seu criatório, nas exposições oficiais do Ranking da ACNB, serão premiados os Melhores Expositores Iniciantes. Somente os criadores que não participaram de exposições oficiais em anos calendários anteriores ao atual podem participar dessa nova competição.

“Com esta nova premiação, procuramos inserir o criador iniciante nas exposições, incentivando sua participação. Num primeiro momento, queremos avaliá-los separadamente dos produtores mais antigos e criar uma competição exclusiva somente entre os mais novos. Assim, conseguimos ampliar o número de participantes do ranking”, completa o presidente da ACNB.

Outra novidade é o ajuste nos pesos máximos para animais de até 12 meses – categorias Bezerro e Bezerra. Além disso, a partir de agora, a tabela de pesos máximos abrange também animais de 12 a 16 meses, nas categorias Júnior Menor e Novilha Menor.

“O método de seleção pautado exclusivamente no peso vivo dos animais tem na ponta da pirâmide animais excessivamente grandes, tardios na reprodução e deficientes no acabamento precoce de carcaça. Quem seleciona apenas peso seleciona tamanho”, destaca Raphael Zoller, diretor e presidente do Conselho Técnico da ACNB.

“A tabela de pesos máximos evitará que animais excessivamente grandes sejam selecionados. É uma forma de atender às necessidades de uma pecuária nacional extensiva, pautada no boi precoce de capim e na matriz Nelore eficiente de porte médio”, ressalta Zoller.

A tabela de pesos máximos foi aprovada pela superintendência técnica e diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e será adotada para a Expozebu 2022.

O presidente do Conselho Técnico da ACNB acredita que o ajuste na tabela de pesos trará, como consequência, uma análise mais morfológica dos animais. “O Ranking Nacional da ACNB é uma importante ferramenta de seleção. A avaliação visual contribui para selecionar animais com carcaças compridas, largas e profundas, exemplares da raça que tenham boa capacidade de locomoção, padrão racial superior, boa ossatura e pigmentação, além de fêmeas e machos que evidenciem funcionalidade por meio de precocidade sexual e de acabamento”.

Também passam a ser permitidas no máximo duas pesagens por animal na aferição oficial do peso na data-base das exposições. Para a exposição, será considerada a última pesagem realizada.
A associação também ajustou a quantidade mínima exigida para a contabilização nos campeonatos nacionais dos julgamentos exclusivos do Nelore Mocho: 30 animais e 3 expositores.

  • Compartilhe:

© Copyright - Todos os direitos reservados - Acrioeste 2021