Com baixa oferta de boi terminado, preço da arroba reage

Fonte Universo Agro

 

 
A queda de braço entre frigoríficos e pecuaristas começa a ter efeito no mercado. Diante da baixa oferta de bois terminados, a cotação da arroba reagiu. Segundo a Scot Consultoria, em São Paulo, os preços recuperaram cerca de R$ 2,00 na última semana, interrompendo uma sequência de queda que chegou a R$ 8,00 desde a divulgação da Operação Carne Fraca, no dia 17 de março. Hoje, a referência da arroba do macho terminado no estado está em R$ 137,00 à vista, já descontando o Funrural.

Em Mato Grosso, a situação já não é a mesma. A paralisação temporária de diversas plantas frigoríficas tem derrubado os preços. Segundo a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), a cotação caiu 4,6% nos últimos 30 dias. Em comparação ao mesmo período do ano passado a desvalorização é ainda maior e chega a quase 11%. Na região de Cuiabá, o boi gordo está cotado em R$ 122,00, descontando o Funrural.

A expectativa agora é com a retomada das atividades das plantas frigoríficas, especialmente em Mato Grosso onde cerca de 6 unidades estão paradas. No dia 24 de maio termina as férias coletivas anunciadas pela JBS no fim de março. Dez unidades das 36 plantas da empresa estão paralisadas há 20 dias a fim de ajustar estoques após a Operação Carne Fraca. Marfrig e Minerva também estão com atividades interrompidas em unidades em Tangará da Serra e Várzea Grande, Mato Grosso, respectivamente.

  • Compartilhe:

© Copyright - Todos os direitos reservados - Acrioeste 2018